Em Esperantina Sintras volta a cobrar a implantação do PCCR com a garantia da Data-base
SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS!
Palmas-TO - Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
Em Esperantina Sintras volta a cobrar a implantação do PCCR com a garantia da Data-base
Autor: Alysson-neya chaves - Publicado: 30/01/2018

Em cumprimento de agenda na região norte do Estado, a diretoria do SINTRAS, juntamente com a assessoria jurídica do sindicato reuniu também com servidores para esclarecer dúvidas e pontuar as demandas existentes com os profissionais da saúde filiados a entidade.

 

Na ocasião os advogados Marco Túlio Costa e Kare Marques Santos explanaram sobre o andamento dos processos do mutirão jurídico que cobram data-base, progressões, gratificações, adicional noturno, adicional de insalubridade e outras demandas pendentes da categoria. Informou ainda que os servidores que ainda não entraram para exigir seus direitos podem estar apresentando a documentação para abertura da ação judicial.

 

Outro ponto tratado com os servidores foi a implantação do Plano de Cargo Carreira e Remuneração – PCCR para garantir a Data-base.

 

Conforme o presidente Manoel Pereira de Miranda, a Lei de nº 126/2008, que institui o PCCR, foi aprovado e sancionada em 2008, mas desde então a gestão municipal não concedeu o reajuste anual aos servidores, garantido no artigo 35 da referida lei, que é a data-base estabelecida no mês de maio.

 

Ele informa que o Sintras irá cobrar judicialmente a data-base e os retroativos de todo o período fazendo com que a gestão cumpra com suas obrigações conforme a legislação vigente.

 

Outra reivindicação que também será gerado uma ação judicial é em relação as progressões horizontal e vertical.

 

“Vamos cobrar da gestão tudo que for de direito dos servidores da saúde, filiados ao SINTRAS, nem que seja através de ações judiciais, mas as reivindicações da categoria devem ser atendidas pela gestão, é uma questão de valorizar também cada servidor respeitando os seus direitos”, enfatiza Miranda.

 

Estiveram reunidos também com o servidores os diretores do Sintras, Antônio José Oliveira Rodrigues e Dalmo José Santos Carvalho.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


SINTRAS - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins

405 Norte, Alameda 08, lote 01, Conjunto HM3, CEP 77002-018 - Palmas-TO.

Atendimento Administrativo: (63)3224-4161 / 3224-6284 / 0800 703 2037

E-mail: sintras-to@uol.com.br