Entidades de classe buscam apoio da presidente da AL para revogação da Portaria 247
SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS!
Palmas-TO - Sbado, 20 de Outubro de 2018
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
Entidades de classe buscam apoio da presidente da AL para revogação da Portaria 247
Autor: Alysson-neya chaves - Publicado: 25/04/2018

Preocupados de como será executada, a partir do dia 1º de maio, próximo, a portaria de nº 247, de 13 de abril deste ano, entidades de classe buscam apoio da presidente da Assembleia legislativa, Luana Ribeiro.

 

Foi na tarde desta terça-feira, 25, na sala de reunião da presidente da AL, que os sindicatos expuseram a parlamentar a preocupação com os efeitos dessa portaria, caso for aplicada conforme a publicação.

 

Eles frisaram a Deputada Luana que a portaria irá trazer cargas extensas de trabalho, fugindo da carga horária regulamentada pela portaria anterior revogada, que é a Portaria de nº 937, de 29 de novembro de 2012.

 

Esta portaria foi amplamente discutida e pactuada na mesa de negociação do SUS com a participação das entidades representativas dos servidores públicos. Contrária dessa nova portaria 247, que através de um ato antidemocrático foi publicada pela gestão anterior.

 

Os sindicatos informaram a parlamentar que já procuraram o novo secretário da saúde, Renato Jayme da Silva, para discutir a matéria, mas, que o gestor disse que ainda ia se iterar do assunto com os departamentos da secretaria pertinentes a pauta e que agendou uma reunião com os sindicatos na segunda-feira, dia 30.

 

Segundo a deputada, ela foi uma das que defendeu às 30h para os profissionais da saúde. “Eu lutei muito, ouvir e engoli o que não queria por causa desse projeto, eu não vou aceitar que acabem com isso, ninguém pode mensurar o quanto lutei por esse projeto”, disse a parlamentar.

 

O presidente do SINTRAS sintetizou dizendo. “Deputada o que queremos é a revogação dessa portaria, e levar a pauta para a mesa do SUS, lá que é o Fórum competente para discutir a pauta, de forma democrática”, reforçou o presidente do SINTRAS, Manoel Pereira de Miranda.

 

Para atender ao pedido das entidades sindicais, ela agenda uma reunião para esta quinta-feira, 26, com os sindicatos, e se compromete procurar o secretário Renato Jayme para discutir o assunto antes da reunião com os sindicatos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


SINTRAS - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins

405 Norte, Alameda 08, lote 01, Conjunto HM3, CEP 77002-018 - Palmas-TO.

Atendimento Administrativo: (63)3224-4161 / 3224-6284 / 0800 703 2037

E-mail: sintras-to@uol.com.br