Governo informa ao SINTRAS que próxima semana anuncia solução sobre progressões e Brasilcard
SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS!
Palmas-TO - Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
Governo informa ao SINTRAS que próxima semana anuncia solução sobre progressões e Brasilcard
Autor: Alysson-neya chaves - Publicado: 23/11/2018

Em reunião na manhã desta sexta-feira, 23, com o secretário de Estado da Administração, Edson Cabral, o SINTRAS cobrou demandas dos servidores da saúde e entre elas resolução no bloqueio do cartão Brasilcard.

 

No momento o presidente do SINTRAS pontuou ao gestor que deveria ter informado aos servidores a questão. “Secretário deveria ter comunicado a categoria, assim teria evitado grandes transtornos na vida do servidor que aguardava a liberação do saldo no cartão. Pois ele é utilizado por muitos, e o cartão serve como se fosse um adiantamento de salário”.

 

O gestor informou que a administradora do cartão emitiu o comunicado ao governo informando o bloqueio. Ele disse ainda que a dívida maior foi contraída pelo Governo anterior, mas, afirmou que consta um débito da atual gestão, gerando um montante maior o que fez com que a Brasilcard suspendesse os serviços.

 

“Está sendo trabalhado o caso e o Governo quer resolver com brevidade, talvez na semana que vem, com a normalização dos pagamentos e assim liberação do cartão”, disse Cabral.

 

De acordo com o presidente do SINTRAS, o servidor não tem culpa das dificuldades da gestão. “Dívida do Estado é do Estado e não do servidor, é responsabilidade do Governo cumprir com seus compromissos financeiros sem prejudicar os servidores”, destaca o presidente Manoel Pereira de Miranda.

 

Na última sexta-feira, 17, o SINTRAS protocolou ofício ao governador Mauro Carlesse cobrando resolução do caso. O mesmo documento foi emitido para o secretário Edson Cabral.

 

 

Progressão

 

Baseada na lei de nº 2.670/2012, o SINTRAS reforça cobrança ao governo dos relatórios que tratam da estabilização de todos os servidores aprovados no estágio probatório para auferir a sua devida progressão horizontal saindo da letra “A” para a letra “B”.

 

Outro ponto exigido pelo SINTRAS são os relatórios pendentes que visam a progressão, dos anos de 2015, 2016 e 2017 dos servidores que conquistaram a aptidão e que não foram concedidas.

 

E o sindicato também quer uma solução para os casos pendentes de progressão do período de 2015 à 2018 que foram impactados pela Procuradoria Geral do Estado do Tocantins, protelando o pagamento dessas progressões.

 

Segundo o secretário Cabral e a equipe técnica da pasta irá apresentar um relatório de 1652 nomes de servidores aptos a progressão vertical para ser encaminhada a secretaria de saúde, no máximo até quarta-feira, 28, para serem processados pela Comissão de Gestão e Enquadramento Funcional do Quadro da Saúde – CEGESF e posterior publicação.  

 

 

Aposentados

A presidência do sindicato também solicitou a secretaria da administração uma resolução definitiva das progressões para os servidores aposentados, que ainda não perceberam suas devidas progressões.

 

O presidente do SINTRAS pontuou ao governo que após o servidor aposentar tão logo sejam concedidas suas progressões pendentes, e que seja criada uma força-tarefa para atualização de todas as concessões atrasadas e com publicação de portaria de efeito financeiro destes servidores do quadro inativo do executivo.

 

A proposta da força-tarefa visa agilidade na atualização salarial destes servidores com a concessão das progressões.

 

De acordo com o presidente na próxima semana a diretoria do sindicato voltará para conferir as determinações anunciadas hoje pelo secretário Edson Cabral que irão solucionar as demandas pautadas nesta reunião.

 

Estiveram com o presidente Manoel, os diretores Raimundo de Sousa Morais e Domingos Rodrigues da Silva.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


SINTRAS - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins

405 Norte, Alameda 08, lote 01, Conjunto HM3, CEP 77002-018 - Palmas-TO.

Atendimento Administrativo: (63)3224-4161 / 3224-6284 / 0800 703 2037

E-mail: sintras-to@uol.com.br