GOVERNO NÃO CONVENCE SINDICATOS QUE EXIGEM PORTARIA ESPECÍFICA PARA REGULAMENTAÇAO DA CARGA HORÁRIA
SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS!
Palmas-TO - Sexta-Feira, 15 de Fevereiro de 2019
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
GOVERNO NÃO CONVENCE SINDICATOS QUE EXIGEM PORTARIA ESPECÍFICA PARA REGULAMENTAÇAO DA CARGA HORÁRIA
Autor: Alysson-neya chaves - Publicado: 07/02/2019

Conforme anunciado ontem pelo SINTRAS, Governo recebe entidades de classe para discutir a Medida Provisória nº 2, publicada no Diário Oficial do Estado, no dia 1º deste mês, que trata da suspensão de direitos e progressões dos servidores públicos do Estado.        

 

Segundo o presidente do SINTRAS, o Governo tenta enrolar e não nos apresentou nenhuma perspectiva de alteração na MP. “Não adianta o Governo vir com explicações que não vão solucionar o problema, o que nós queremos é uma portaria exclusiva de regulamentação da carga horária”, disse Manoel Pereira de Miranda.

 

De acordo com Miranda as entidades irão continuar tentando negociar com Estado buscando a revogação dessa portaria, e apoio na Assembleia Legislativa do Estado para reforçar o pedido das entidades representantes dos servidores.

 

Para isso, os sindicatos irão se reunir hoje à tarde, no Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Estado do TO –  SINTET-TO para analisar as pontuações feita pelo Governo e definir estratégias para garantir os direitos dos servidores.

 

Entre os representantes do governo estava presente o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Costa e o secretário da administração, Edson Cabral.

 

As entidades de classe ainda protocolaram ofício conjunto de nº 02 ao governador Mauro Carlesse, solicitando a suspensão e retirada da Assembleia Legislativa a Medida Provisória nº 2, a abertura de um diálogo franco com os representantes dos servidores. Foi solicitado também ao Governo a criação de uma Câmara técnica paritária com membros do governo e sindicatos para discutir as medidas necessárias para reorganização financeira do Estado.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


SINTRAS - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins

405 Norte, Alameda 08, lote 01, Conjunto HM3, CEP 77002-018 - Palmas-TO.

Atendimento Administrativo: (63)3224-4161 / 3224-6284 / 0800 703 2037

E-mail: sintras-to@uol.com.br