SINTRAS DECLARA REPÚDIO A EXTINÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO
SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS!
Palmas-TO - Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
SINTRAS DECLARA REPÚDIO A EXTINÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO
Autor: Alysson-neya chaves - Publicado: 08/11/2018

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Tocantins SINTRAS-TO repudia a decisão do presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre a extinção do Ministério do Trabalho – MTE.

 

O sindicato entende que essa atitude mostra um retrocesso dos direitos conquistados com árduas lutas pela classe trabalhadora durante décadas. E um caminho no túnel do tempo, lá em 1930, na era Vargas, quando foi criado o Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. Até então as questões trabalhistas era tratadas pelo Ministério da Agricultura, sendo que praticamente eram ignoradas pelo governo.

 

Assim, o sindicato reforça o seu repúdio quando percebe a proposta da classe patronal em unir o Ministério do Trabalho com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Essa será mais um golpe fatal quanto aos direitos dos trabalhadores deixando a classe totalmente desprotegida, nas mãos dos patrões.

 

Pontuamos ainda que a extinção do MTE é um total desrespeito com um órgão público que dia 26 de novembro completará 88 anos de atuação frente as questões trabalhistas, fiscalizando e fazendo cumprir os direitos e deveres da classe trabalhadora. O órgão também contribuiu muito para o crescimento entre Capital e trabalho.

 

Fazendo uma retrospectiva dos últimos acontecimentos destacamos como vem sendo goleados os direitos adquiridos da classe desde a aprovação da Lei 13.429/2017, que amplia a terceirização, e da Lei 13.467/2017, da reforma trabalhista. E tudo indica que o governo irá aprovar a reforma previdenciária.  

 

O SINTRAS destaca que mudanças no Ministério do Trabalho devem focar em ações que trazem valorização dos trabalhadores, melhorias na relação Capital e trabalho.  Mas, com essa decisão registramos um grande descontentamento vendo os direitos da categoria serem esmagados com total discrepância.

 

Por isso,  o SINTRAS concorda com a Nota publicada pelo Ministério do Trabalho onde diz que  o futuro do trabalho e suas múltiplas e complexas relações precisam de um ambiente institucional adequado para a sua compatibilização produtiva, e o Ministério do Trabalho, que recebeu profundas melhorias nos últimos meses, é seguramente capaz de coordenar as forças produtivas no melhor caminho a ser trilhado pela Nação Brasileira, na efetivação do comando constitucional de buscar o pleno emprego e a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


SINTRAS - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins

405 Norte, Alameda 08, lote 01, Conjunto HM3, CEP 77002-018 - Palmas-TO.

Atendimento Administrativo: (63)3224-4161 / 3224-6284 / 0800 703 2037

E-mail: sintras-to@uol.com.br