SINTRAS - TO

Wanderlei Barbosa ainda não pagou nenhuma progressão referente o interstício no período da sua gestão, Sintras/TO cobra o direito dos servidores da saúde

sindicato cobra as progressões do interstício de 2022 e 2023
26/01/2024 23/03/2024 10:34 553 visualizações

No documento protocolado nesta quinta-feira, 25, ao chefe da Casa Civil, Deocleciano Gomes Filho, o Sintras/TO requer que o governo autoriza a publicação dos atos dos servidores da saúde aptos a progressão horizontal e vertical referente ao interstício 2022 e 2023. Sindicato ressalta que o atual governo não pagou, até o momento, nenhuma progressão referente ao interstício no período da sua gestão.

O presidente do Sintras/TO, Manoel Pereira de Miranda, ressalta que o governo deve continuar pagando as progressões para limpar esta pauta. “Queremos que o Estado atualize esses pagamentos concedendo as progressões conforme garante a lei 2670/2012. Servidores da saúde no Tocantins não sabem o que é receber uma progressão atualizada há muito tempo, o que vem gerando perdas irreparáveis no seu orçamento financeiro”, pontuou o sindicalista.

A entidade sindical conta ainda com o Comitê Gestor para orientar o governador Wanderlei que estes pagamentos não vão prejudicar o financeiro do Estado, porque foram apontados como prioridades na Lei de Diretrizes Orçamentaria para o ano de 2024. Com isso, as progressões dos servidores podem ser processadas, publicadas e devidamente implementadas pelo Estado, pois tem margem no orçamento, garantindo ainda estar em dia com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

Reajuste dos 25%

Outra demanda ressaltada no documento é a implementação do reajuste dos 25% para os servidores da saúde. Demanda também de anos que o Estado do Tocantins ainda não zerou a dívida com os servidores e o sindicato requer este pagamento.

Para discutir o assunto e conferir a Decisão Proferida do Supremo Tribunal Federal no âmbito da Ação Direta de Inconstitucionalidade de n° 4013/TO, o governador Wanderlei Barbosa instituiu no ano passado o Comitê Executivo, em 10 de março de 2023, através do Decreto n° 6.591. Sintras é membro do Comitê e cobra o andamento das discussões para definir os pagamentos.

SINTRAS/TO alerta para a falta de notificação dos casos de acidentes de trabalho no Fórum em memória as vítimas de acidentes de trabalho

O objetivo do evento era para sensibilizar os trabalhadores e a sociedade sobre a realidade dos acidentes de trabalho.


Sindicatos elaboram pauta unificada sobre data base e protocolam hoje para o governador Wanderlei Barbosa

Além do percentual de 4,6211% tendo como base o IPCA, sindicatos também reivindicam uma recomposição salarial com re...


SINTRAS/TO mobiliza sindicatos nesta quinta, 4, para cobrar do governo compromisso de pagar data base

A reunião vai acontecer nesta quinta-feira, 04, às 9h, na sede do Sintras/TO em Palmas