Diretoria executiva discutiu plantões e gratificações Covid-19 nesta quarta-feira

Autor: Redação Sintras - Publicado: 28/04/2021
Share

Nesta quarta-feira, 28, a diretoria executiva reunida, no formato online, discutiu as demandas dos servidores e pontuou ações do sindicato no intuito de manter a defesa dos direitos da categoria.

Na ocasião o presidente esclareceu sobre os plantões que trata na Lei 3490/2019 onde o sindicato vai manter cobrança para que tão logo a Casa Civil encaminhe o Projeto de Lei para a Assembleia Legislativa fazendo então a alteração da redação da lei determinando 9 plantões em fevereiro, 10 plantões nos meses de 30 dias e 11 plantões nos meses de 31 dias.

O presidente Manoel Pereira de Miranda também explanou sobre a alimentação, ações judiciais, gratificação para os profissionais da linha de frente, vacina contra covid-19, trabalho home-office e questões administrativas internas para o bom andamento das iniciativas da entidade.

E ainda foi informado pelo Advogado Marco Tulio Alvim, que as ações do mutirão jurídico somam resultados favoráveis aos servidores e só esta semana foi iniciado a distribuição de mais de 250 ações judiciais no sistema eletrônico do Tribunal de justiça do Estado.

Quanto a indenização extraordinária de combate a covid-19 gerou discussões em cima das reclamações dos servidores. O vice-presidente, Raimundo Morais frisa que a lei nº 3.705 de 22 de julho de 2020 especifica o direito somente aos profissionais da ala covid.

O presidente Manoel destaca que os radiologistas foram contemplados na lei para receber a gratificação covid-19 só após cobrança do sindicato junto ao governo.

Outra pauta discutida foi a cobrança dos retroativos da data-base e a atualização dos salários. Manoel Miranda expõe que já foi emitido expediente a gestão estadual cobrando os retroativos e atualização desta implementação salarial.

E por último foi posto em debate o apoio do Sintras na luta dos profissionais da enfermagem pela legalização do piso salarial e 30 horas da categoria com a aprovação do PL 2564 que corre há anos no Senado e agora o parlamentar  Fabiano Contarato (Rede-ES) provoca discussões calorosas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

(63) 3224-4161 / 3224-6284 / 0800 703 2037
sintras-to@uol.com.br

405 Norte, Alameda 08, lote 01, Conjunto HM3
CEP 77002-018 - Palmas-TO

Copyright®1989 - 2021 SINTRAS - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins.

Criado por: