Diretorias do SINTRAS levantam demandas e cobra contrato do fornecimento da alimentação fornecida nos hospitais

Autor: Redação Sintras - Publicado: 07/04/2021
Share

Nesta terça-feira a diretoria executiva realizou a primeira reunião com a regional de Gurupi para passar esclarecimentos e fazer levantamento das demandas.

Discutiram sobre alimentação no HRG, vacinação contra a covid-19, trabalhadores em regime remoto, número de plantões sobre lei 3490, pagamento da gratificação covid-19 que é exigida para todos os servidores.

O presidente Manoel Miranda explanou as ações realizadas pelo sindicato em prol da garantia dos direitos dos trabalhadores em saúde e na ocasião como decisão unânime já foi cobrado, logo após a reunião, o contrato e seus respectivos anexos da empresa prestadora de serviços que fornece alimentação no Hospital Regional de Gurupi.

A alimentação foi um dos pontos mais debatidos porque as reclamações estão tornando quase que diariamente. Os servidores dizem que não aguentam mais comer uma comida que parece ser feita de qualquer jeito.

A direção do sindicato quer saber qual o gargalo da questão com os questionamentos: É falta de pagamento? Qual a obrigação da empresa? Que tipo de cardápio está acordado no contrato? É frango o mês inteiro (como já aconteceu no hospital de Augustinópolis) supondo, talvez, o frango ser mais barato que a carne? É combinado economizar no tempero reduzindo o sal, cebola, outros condimentos que geram sabor tornando o prato o mínimo agradável e apetitoso? Qual o valor real por cada alimentação servida? E esse valor é condizente com o que tem sido servido?

Esses são os apontamentos que o sindicato quer saber para entender porque o problema não é resolvido e sugerir soluções conforme as necessidades dos servidores, além de esclarecer aos profissionais o Porquê do fornecimento de uma alimentação inadequada.

Com esta reunião a diretoria executiva realiza a primeira das nove planejadas para ouvir a voz dos filiados nas suas bases. “Neste momento enquanto não podemos reunir de forma presencial, vamos ouvir nossos filiados através dos diretores regionais. Mas estamos aqui apreensivos para que esta pandemia passe logo para irmos diretamente aos nossos filiados buscar suas demandas”, informa o Presidente Manoel Miranda.

E diz ainda que aguarda da Secretaria de Estado da Saúde a cópia do contrato solicitada.

Da regional de Gurupi participaram das discussões o delegado José Henrique Marinho de Oliveira e o Diretor de Cultura, Esporte e Lazer, Valmir Fernandes de Lira. Da executiva além do presidente Manoel Miranda, o vice-presidente do SINTRAS–TO, Raimundo de Sousa Morais; Secretário Geral, Domingos Rodrigues da Silva, e o 2º Tesoureiro, Luiz Augusto Rodrigues de Andrade.

Atendimento remoto

A direção do sindicato reafirma que continuará com os atendimentos remotos via google meet para que os profissionais não fiquem desassistidos durante toda a pandemia. E nos canais de comunicação via telefone e redes sociais estão a disposição todos os diretores.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

(63) 3224-4161 / 3224-6284 / 0800 703 2037
sintras-to@uol.com.br

405 Norte, Alameda 08, lote 01, Conjunto HM3
CEP 77002-018 - Palmas-TO

Copyright®1989 - 2021 SINTRAS - Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins.

Criado por: